8.2.13

Leitura # 8 : Na Sombra da Noite de J.R. Ward




Irmandade da Adaga Negra - Volume I
Autor:  J. R. Ward
Edição: 2009
Páginas: 428
ISBN:  9789724619088
Editora: Casa das Letras

Seis guerreiros vampiros, amantes perigosos e irmãos de sangue vêm até si neste livro verdadeiramente poderoso.

Nas sombras da noite da cidade de Caldwell, em Nova Iorque, trava-se uma guerra territorial entre vampiros e seus caçadores. Ali existe um bando secreto de irmãos sem igual - seis guerreiros vampiros, defensores da sua raça. Mas nenhum deseja mais a morte dos seus inimigos que Wrath, o chefe da Irmandade da Adaga Negra.
Único vampiro de puro-sangue que resta no mundo, Wrath tem contas a ajustar com os matadores que lhe levaram os pais, séculos atrás. Mas quando um dos seus mais estimados combatentes é assassinado - deixando órfã uma filha meio-sangue desconhecedora da sua herança e do seu destino - Wrath tem de tratar do acolhimento da bela fêmea no mundo dos não-mortos.
Transformada por uma inquietude no seu corpo que não conhecia, Beth Randall não tem defesas contra o homem perigosamente excitante que vem visitá-la durante a noite, com os olhos encobertos. As suas histórias de irmandade e sangue assustam-na. Mas o seu toque acende uma fonte crescente que ameaça consumir ambos. 

A minha opinião:

Este é o 1º volume da Saga Irmandade Adaga Negra, por lapso meu tive que o ler depois de ler o 2º volume mas nem por isso deixei de gostar dele, no entanto não me prendeu com tanto suspense ate ao fim pois já estava a espera do final, porque já sabia de ter lido o 2º volume que assim o seria.

No entanto achei um aspecto bem mais curioso neste volume que no 2º , dei por mim a rir com emoção de alguns acontecimentos e conversas neste livro com o forte teor de comédia que posso dizer que não se alastrou ao 2º volume com muita pena minha.

Neste livro é-nos feita uma breve apresentação e descriçao daquilo que podemos esperar das personagens desta saga, embora haja uma prevalência de acontecimentos com Wrath, o considerado Rei dos Vampiros, o seu passado é revelado, e o seu envolvimento amoroso com Beth é o ponto alto deste livro.

Depois de já ter lido o 1º e o 2º o que achei mais repetitivo nestes romances de J. R.Ward é o facto das personagens terem sempre que se contrariar ao amor que sentem um pelo outro, há sempre aquela historia do : "Gosto de ti, mas não sou a pessoa certa para ti e afins..." mas depois acabam sempre juntos , pelo menos ate ao ponto que li.

Este livro para inicio de saga não é assim tão viciante e intenso comparando com o 2º volume, por isso acredito que muita gente que comece agora a ler pelo volume inicial não vá achar assim tão extraordinaria a historia, mas eu que já li o segundo não vou querer outra coisa se não lê-los todos. Há muito tempo que não me sentia tão entusiasmada por uma leitura como por esta saga,  arrisco dizer que é mesmo mais viciante e intensa que Fifty Shades.



1 comentário:

  1. Olá :)
    Olha, transferi o meu blog para um novo e voltei apenas à escrita...
    Às vezes é preciso recomeçar o que ficou parado...
    http://momentos-e-desabafos.blogspot.pt
    Visita ;)
    Beijinho,
    Andreia Gomes

    ResponderEliminar